_Giovanna
Rivero

    Giovanna Rivero nasceu em Montero, Bolívia, em 1972, e mora em Lake Mary, nos Estados Unidos. É escritora e doutora em literatura hispano-americana pela Universidade da Flórida.

    É autora dos livros de contos Las bestias (1997), Prêmio Municipal de Santa Cruz; Contraluna (2005); Sangre dulce (2006); Niñas y detectives (2009); e Para comerte mejor (2015), Prêmio Dante Alighieri. Publicou quatro romances: Las camaleonas (2001); Tukzon (2008); Helena 2022 (2011); e 98 segundos sin sombra (2014), transposto ao cinema pelo diretor boliviano Juan Pablo Richter e vencedor do Prêmio Audiobook Narration. Entre seus livros juvenis, destacam-se La dueña de nuestros sueños (2005) e Lo más oscuro del bosque (2015), livro recomendado do ano pela Academia Boliviana de Literatura Infantil e Juvenil. 

    Em 2004 a autora participou do Iowa Writing Program e em 2007 recebeu a bolsa Fulbright. Em 2005 obteve o Prêmio Nacional de Contos Franz Tamayo e, em 2015, o Prêmio Internacional de Contos Cosecha Eñe. A Feira Internacional do Livro de Guadalajara de 2011 incluiu Rivero na lista dos “25 Segredos Literários Melhor Guardados da América Latina”.

    O livro de contos Tierra fresca de su tumba foi publicado no idioma original na Argentina (Marciana, 2020); na Bolívia (El Cuervo, 2020); e na Espanha (Candaya, 2021). Alguns contos foram traduzidos para o italiano e incluídos no livro Ricomporre amorevoli scheletri (Gran Via, Itália, 2020). A edição em português, Terra fresca da sua tumba, é o primeiro livro da autora lançado no Brasil, em coedição das editoras Incompleta e Jandaíra.

    0