a cura

15 de maio de 2017Por laura del reyda imagem, da palavra

Quando entrou naquela água turquesa parada, foi a lava do vulcão ao fundo que o fez imaginar que a temperatura estaria quente. Pequenas luzes em dupla ou trios, espalhadas pela montanha azul escuro, pareciam olhinhos o examinando, mas não se deteve – até gostava de ser observado. || conto de Laura Del Rey. Leia mais

qayaqpuma: as montanhas abrem os olhos

30 de outubro de 2016Por laura del reyda imagem, do som

Não é o homem quem confere personalidade à natureza: é a natureza que dá as pautas à comunidade. Não é o homem quem humaniza a natureza: é a natureza que humaniza o ser humano || entrevista com o artista peruano Francisco Vigo, sobre seu projeto fotográfico Qayaqpuma. Leia mais

pensamentos de desaparecer

5 de outubro de 2016Por laura del reyda palavra, do gesto

João, que já havia chegado à casa sem uma das mãos, mas que isso talvez ninguém tivesse notado pelo frio, perdeu um a um os dedos dos pés, e agora já não sentia mais receio quando encolhiam seus fios de cabelo, de uma cabeça que não pensava em nada de alguma importância… Leia mais